sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Àguia ferida na Madeira..

Paixaodabola na primeira derrota da época dos encarnados que acabou em eliminação na Taça.


Sexta, 02

Taça de Portugal
1/8 final











Marítimo2 | 1Benfica

Jesus sem.....sonho
Dizem os "entendidos" que há sempre uma primeira vez para tudo , sendo que desta vez , tal frase se aplica no Benfica de Jesus , versão 2011/2012, já que a derrota desta noite no Funchal ante o Maritimo coincidiu com o primeiro desaire da época, tendo como desfecho a eliminação da Taça de Portugal.
Jesus nunca o escondeu, a Taça de Portugal é algo que o técnico persegue há longos anos, sendo a mesma quase como uma utopia na vida profissional do treinador Benfiquista.
Hoje no Funchal , diante de uma equipa Maritimista que tem sido a revelação da época em Portugal, refletindo-se no excelente quarto lugar da Liga ZON SAGRES, os encarnados até entraram bem , a dominar o jogo através de uma excelente posse de bola e a chegar com maior perigo à baliza do jovem Ricardo.
O Maritimo na primeira parte, foi sempre uma equipa "curta" , parecendo refém do sindrome "Babá", já que depositava quase na totalidade o seu jogo ofensivo no Senegalês.
O golo encarnado haveria de acontecer perto da meia hora de jogo com Nolito a sofrer falta !! em plena área Maritimista, tendo Saviola convertido o penalty no golo que haveria de ser o único por parte dos encarnados.
Na segunda parte , o Benfica ainda teve uma excelente oportunidade por intermédio de Rodrigo, mas esta seria uma parte dominada pelos homens de Pedro Martins, pelo menos os primeiros trinta minutos, já que os últimos quinze , o SL Benfica haveria de entrar em desespero de causa e "plantár-se" no meio campo Maritimista.
Mas foi nesse periodo em que o Maritimo dominou, com Danilo a integrar o meio campo ofensivo, previligiando a zona central do mesmo, que o Maritimo haveria de empatar através de um goláço de Roberto Sousa, daqueles que merecem ser vistos e revistos, já que foi um pontapé do "meio da rua" a bater no "canto da coruja" um Eduardo algo adiantado.
Enquanto Aimar se integrava no meio campo encarnado, substituindo Saviola, aconteceu a vantagem da equipa do Funchal, com Roberto novamente em destaque ao isolar Babá e Sami, tendo o Guiniense "chapelado" Eduardo, isto quando Eduardo tinha tido oportunidade de "brilhar" nalgumas intervenções decisivas.
Com Aimar em campo, o Benfica ...."pensa e constroi " futebol, já que o astro Argentino alterou o jogo algo cinzento da sua equipa para umas "pinceladas" que quase mudavam o rumo do mesmo, sendo que ai a sorte foi algo madrasta para a Águia.
Jesus tentou colocar mais "gente" no ataque, entrando Nélson Oliveira mas a história deste encontro haveria de ser escrita como nunca o tinha sido esta época ou seja terminar com a derrota do SL Benfica.
Termino apenas para referir que o Maritimo foi um justo vencedor, tendo como referência os primeiros trinta minutos da segunda parte , os quais foram do melhor que o conjunto de Pedro Martins apresentou esta época, tendo em Babá, Sami e no homem do jogo....Roberto Sousa, artistas que valeram a justa passagem aos quartos de final , onde irão medir forças com o vencedor do Sporting vs Belenenses.


3 comentários:

Giovani Mattiollo disse...

Tão motivado o Marítimo conseguiu uma grande vitória, dando fim a ótima fase do Benfica... Espero que este resultado negativo não abale ao time da Luz

Abraço

SANGUE AZUL - O site do Gremista!
------------------------------------
---> Fotos do útimo treino do Grêmio antes do GRE-NAL
---> Jogo de abertura da Arena do Grêmio poderá ser contra o Mazembe

Acervo de vídeos do Grêmio. Seja nosso parceiro também. Acesse:
GSA Multimídia - Acervo de vídeos do Grêmio

Núcleo SCP Carapinheira disse...

Boa noite

Só tive oportunidade de ver os últimos 15/20 min de jogo, portanto não estou em posição de comentá-lo..mas as críticas são unânimes na justeza da vitória madeirense. No entanto, acho que imensas vezes (não estou a dizer que é o seu caso, mas na crítica em geral)a apreciação faz-se em função do resultado. Eu vi poucos minutos, e nesse tempo o Benfica esteve sempre por cima, e só por infelicidade não empatou. Após o Benfica-Sporting, vi os comentários e notas aos jogadores, por parte de Rui Santos, e eram completamente disparatados, face ao que se passou em campo. Dar 18 a Javi Garcia e 13 a Elias, talvez o melhor do Sporting, assim como todas as notas atribuídas, são típicas de alguns analistas desportivos, mesmo Rui Santos tendo considerado que o empate seria o mais justo. Porém, as suas notas eram descabidas em relação a essa opinião, pois o pior do Benfica era melhor que o melhor do Sporting. Quantas vezes observamos um jogo entre um grande e um pequeno, em que o grande massacra o rival. Se o pequeno tiver a sorte do jogo, mesmo que "levem" 3 bolas no poste e nem sequer passem do meio campo, é garantido que os jornais vão atribuir notas ridículas a uns e outros. Bem, não me quero estender, até porque não vi o jogo, como disse, mas o pouco que vi não me pareceu que tivesse sido uma derrota assim tão merecida. Abç e bom fim de semana

Mattos disse...

Boas....

Caro Nucleo SCP Carapinheira..


O Maritimo ganhou , porque foi mais eficaz no tempo em que deteve o dominio da partida , sendo que pelo menos o golo do Roberto Sousa foi daqueles que aparecem uma vez a cada jogador.
O SlB , teve de facto o dominio da primeira parte e dos últimos quinze minutos mas não conseguiu traduzir tal façanha em golos que valessem a...vitória.

Parabéns pela sua crónica , a qual descreve muito bem o "poder" dos "Grandes" clubes, já que são os mesmos que "alimentam" a comunicação social.


Grande Abraço