domingo, 2 de novembro de 2014

Noite de Conquistadores...

Paixaodabola na jornada que ficou marcada pela inspiração de Talisca, de Brahimi e do Vitória de Guimarães...

Domingo, 02

Liga Portugal
9°Jornada


Esta nona jornada poderia ser resumida pela aplicação de uma única palavra..inspiração, já que três momentos em jogos distintos merecem a utilização da mesma, o golo de Talisca que decidiu a vitória "apertada" do campeão nacional ante o Rio Ave, o golo do génio Argelino frente ao Nacional na vitória caseira do Fc Porto ante o Nacional ( 2 -0 ) e por último mas não menos importante, a magnifica exibição de "bola" do V.Guimarães ante o Sporting que culminou com um resultado robusto (3-0).
Na vitória benfiquista destaco para além do golo de Talisca, a consistência evidenciada por Enzo Pérez e um Rio Ave que "vendeu" cara uma derrota que Cássio e Diego Lopes tentaram evitar a todo o custo, sendo que no lance polémico do jogo, o árbitro acabou por decidir bem um fora de jogo de elevado grau de ..."difilculdade".
Na cidade Berço, grande noite da jovem "promessa" Hernani, o qual à bem pouco tempo atrás , passeava a sua classe no modesto...Mirandela, isto num jogo com muito Vitória para muito pouco....Sporting, voltando assim a ser novamente colocados vários pontos de interrogação sobre uma equipa que parecia bem....pontuada.
No Dragão, a jornada foi calma para Lopetegui, tendo o FC Porto vencido de forma tranquila um Nacional sem..."sal", com Danilo e Brahimi a "temperarem" um petisco que vem sempre a ...calhar.

3 comentários:

Zé Pelé disse...

Além do Hernani, realçaria também o João Afonso e a forma como o Rui Vitória consegue ir buscar jogadores a escalões secundários que depois fazem grandes jogos na primeira liga.

O atento disse...

Bruno de Carvalho diz que "este fim de semana jamais poderá ser esquecido"


Tontos só agora esta a começar pensavam que minguem os parava tenham calma esta a chegar o NATAL melhores dias adem de vir lol.lol.

Anónimo disse...

Nada pior existe na blogosfera que a falta de criatividade, isso e a arrogância de uns sapinhos inchados que de tao preocupados que andam com o carvalho se esqueceram do que acusavam os lagartos nas relações com a fruta.
E a pergunta que agora se deve fazer e a seguinte.
O que se pretende com este abrir de nádegas?
Certamente a vontade de comer bananas, sendo o cacho a dividir por dois,mesmo ficando o mestre com mais algumas não faz mal.
Quero destacar também a serenidade com que o rival azul outrora inimigo não tem reagido aos constantes favorecimentos ao clube dos sapos inchados, deve ser do embasamento de leitão a bairrada.
Para quem apregoa a moralidade e depois e só basofia só tenho um concelho.
Cuidado que de tanto inchar o sapinho rebenta, a caca e tanta que vai demorar meses a passar o fedor.

O atento verdsdeiro