terça-feira, 5 de junho de 2012

Quo vadis...Fábio Paim

Paixaodabola recorda uma das pérolas da cantera Leonina, agora sem....brilho.


Terça, 05


Fábio Paim
As promessas são como são...promessas e o exemplo que apresento a seguir  bem pode ilustrar a ténue diferença entre a fama e a "escuridão", sendo que Fábio Paim sempre foi a "joia" mais valiosa da "escola " do Sporting, mas esse "estatuto" não lhe valeu de muito , já que após a saida da "jaula Leonina"   nunca mais...brilhou.



Fábio Paim, também conhecido por “Romário de Alcoitão”, nasceu para o futebol no Sporting, onde venceu todos os títulos de escalão, e jogando sempre com jogadores cerca de 2 anos mais velho do que ele. A sua fama deveu-se aquando da transferência de Cristiano Ronaldo para o Manchester United, quando disse: “Se acham que sou bom, esperem até ver o Fábio Paim.”
Realmente nessa altura ele era craque de bola, revelando-se como um dos melhores prodígios da altura e provavelmente da década. Chegando mesmo a treinar várias vezes com o plantel principal, e também treinou com o Felipão na selecção principal de Portugal, Paim achou por bem que devia arriscar no futebol sénior, e forçou a saída do plantel junior (também, segundo ele. devido ao mau ambiente), e a sua primeira oportunidade foi no Olivais e Moscavide, na altura em Janeiro de 2007.
No início da temporada de 2007-2008 foi novamente emprestado, mas desta vez ao Trofense, tendo realizado a primeira metade da temporada de grande nível, o que lhe valeu a transferência, também por empréstimo para o Paços de Ferreira. Uma aposta risco que lhe correu mal, pois foram poucas as oportunidades de jogo, e se ficasse a temporada inteira na Trofa, sagrar-se-ia campeão da Liga de Honra.
Na pré-época de 2008-2009, Scolari dá a oportunidade para Paim transferir-se para o Chelsea, no qual passa 6 meses em Londres, a jogar e a treinar no plantel das reservas, tendo inclusive jogado ao lado de Didier Drogba. Com a justificação de querer jogar mais, devido à sua idade, Paim faz testes numa equipa russa, mas não consegue ficar, e até ao fim do ano treinou esporadicamente no Estoril-Praia, apresentando-se ai ao volante de um fantástico Porsche, evidenciando tiques de...."vedeta".
Neste momento , Paim acaba de rescindir contrato com os Angolanos do 1º de Agosto e encontra-se oficialmente no...."desemprego".

3 comentários:

Núcleo SCP Carapinheira disse...

Caro Mattos

A história deste (ainda) jovem devia servir de exemplo na árdua tarefa que os clubes têm para tentar formar um adulto responsável.
O mais triste neste caso é que se perdeu o jogador, e o homem.
Será difícil arranjar justificações ou culpados, mas penso que o Sporting terá feito quase tudo para o regenerar. Pelo que é possível saber, poderá também falhado pontualmente, mas seria difícil fazer muito mais por alguém que se divorciava das responsabilidades básicas.
O clube leonino teve também como adversário, provavelmente, a competição feroz pelo seu concurso, e os rios de dinheiro que tão jovem teve à sua disposição devem ter corrompido o seu amadurecimento.
Enquanto treinava no Sporting, os melhores clubes do mundo quiseram levá-lo, Mourinho chegou a falar com a mãe e prometeu mundos e fundos, a selecção francesa quis naturalizá-lo, com oferta de clube, casa e dinheiro a rodos. Jorge Mendes ganhou uma corrida desenfreada para conseguir representá-lo...à custa de mais promessas e, claro, mais benesses.
Com 16 anos ia num carro de 60 mil euros para os treinos, e mesmo quando os responsáveis do Sporting se apercebiam e o castigava, não tardava em reincidir. Torrou a fortuna em mulheres, droga e carros mas, pergunto-me, se nunca passou de um jovem sobredotado que somente ganhou titulos na formação, como foi possível terem passado centenas de milhares de euros pela sua conta bancária.
Confessa que gastou inutilmente mais de 300 mil euros em menos de um ano.
Ser oriundo de uma família desestruturada e de um bairro problemático poderá não ser suficiente para justificar este desvario.
A personalidade desequilibrada pode ser genética ou ter sido adquirida neste crescimento desajustado da realidade.
Não sei se voltaremos a ouvir falar dele, mas não será garantidamente pelos seus feitos no futebol.
Não desejando que faça capas de jornais pelos piores motivos, pode ser que possa vender a sua história que facilmente se tornaria num bestseller. Duvido é que soubesse capitalizar o dinheiro, e rapidamente voltaria a cair nos mesmos erros, porque o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita.

Abç

Núcleo

R.N.

Mattos disse...

Boas...



Pois é caro Nucleo, Paim deveria servir como exemplo para reflexão em torno de tudo o que de bom e de mau que rodeia o mundo de futebol.
O futebol é cada vez mais um desporto que necessita de muita envolvência psicológica, sendo que a mesma serve para reforçar a estrutura do homem que está em torno do ...futebolista, já que devido aos milhões que navegam em volta deste meganegócio, o mesmo é...imprescindivel.
Espero que mesmo perdendo-se o futebolista Paim, não se perca o homem...Fábio.

Grande Abraço

Giovani Mattiollo [Sangue Azul] disse...

Que pena, pode ter sido perdido um grande craque

------------------------------------
SANGUE AZUL
------------------------------------
Curta o Sangue Azul no Facebook!
------------------------------------